Fechar [X]

Hocks Psycho Pool

Foto: Alex Brandão False

Por Otavio Neto

Curtir

04/05/2016

Estive em Guaíba (RS) para o Hocks Psycho Pool, campeonato de bowl que reuniu skatistas iniciantes, amadores e garotas. 
 
O frio deu um glamour ao evento, era possível ver a fumaça da agua quente das cuias de chimarrão e do corpo da galera na arquibancada à beira do Rio Guaíba. 
 
No decorrer do evento o frio foi substituído pelo calor da interação do publico aplaudindo e vibrando muito com o apoio que as meninas davam umas para as outras, com a garra e a superação que os iniciantes demostraram e pelo show que os amadores deram durante todo o dia. 
 
Tenho viajado os últimos 15 anos para os eventos de bowl no mundo todo e cada dia acredito mais e mais que bowl ainda é uma festa.
 
É festa onde o aniversariante (os skatistas), os amigos mais íntimos (os organizadores, patrocinadores, pais e familiares ) e os amigos distantes (simpatizantes) se confraternizam de maneira única, onde o importante é exaltar a alegria, a empolgação do momento, vibrando positivamente em favor do skate. 
 
A competição estimula a evolução do skate, ajuda a crescer o esporte de maneira organizada, mas não deve ser levada como único objetivo. Como o skate é nosso estilo de vida, alimento para a nossa alma, o que importa mesmo é a amizade, a superação de cada manobra e a confraternização entre todos. 
 
A grande final dos amadores foi pesada, os oitos skatistas tinham chances de levar o primeiro pedaço do bolo.
 
Mateus Muniz andou com muita velocidade, acima do normal, e ficou em terceiro lugar. 
O Rafael Wainer foi corrigindo seu rolê e buscou aumentar a dificuldade de suas manobras a cada volta, ficando em segundo. 
Em primeiro lugar, com louvor, ficou Miguel Oliveira, que destruiu todos os dias com infindáveis manobras no verdadeiro estilo poolrider.  
 
Um dos momentos mais esperados da festa é a hora de cantar o parabéns e cortar o bolo (premiação). Miguel foi o grande aniversariante, ganhou o amador e a melhor manobra do campeonato, passando a escada de b/s hand plant  dentro do tempo estipulado. Enquanto a entrega do troféu de melhor manobra rolava, o Mika acertou um body varial gigante sobre a escada  e toda a galera foi ao delírio jogando skate, cadeira e até gente para dentro do bowl, de longe olhei o Miguelzinho foi indo em direção ao Mika, quando chegou perto falou algo que não consegui entender. Em seguida vi o gesto. Miguel entregou o primeiro pedaço do bolo (o trofeu do Best Trick) para o amigo. 
 
Ações como esta do Miguel mostram que no skate o campeonato é a grande festa para reunir os amigos e celebrar o skateboard.

Abaixo, veja as fotos dessa confraternização, pelas lentes de Alex Brandão.

 
 
Mais posts desse blogueiro
Mais posts

Para acessar com a sua conta do Facebook, é necessário que você esteja cadastrado no site.

Já sou Cadastrado! Cadastre-se

Para acessar com a sua conta do Twitter, é necessário que você esteja cadastrado no site.

Já sou Cadastrado! Cadastre-se