Fechar [X]

MANOBRA MEMORÁVEL

 False

Por Armen Pamboukdjian

Curtir

21/11/2018

Na edição 209 da Revista CemporcentoSKATE (jun/2018), pela quarta vez o skatista profissional Klaus Bohms estampava a capa. A manobra: um belo, potente e estiloso Flip Melon sobre o cano de uma transição de rua, em um clique primoroso de Diego Sarmento.

Na ocasião do lançamento dessa edição realizei a cobertura da premiere do Daedalus, vídeo da adidas Skateboarding lançado durante o Das Days em São Paulo. E a manobra da capa está presente no vídeo.

Passados alguns dias, surgiu a idéia de escrever um texto sobre como o nome de Klaus Bohms está inserido na história da CemporcentoSKATE. Queria ressaltar também diversos aspectos como a composição das manobras que lhe renderam o posto máximo da revista impressa.

Só pra contextualizar, a capa em que Klaus debutou na Cem foi da edição 101 (ago/2006), com um melon to frontside rockslide no corrimão de uma escada, em foto clicada por Atilla Chopa.
A segunda vez foi na 122 (mai/2008) com um nosebluntslide, captado no Chile, também pelo Chopa.
A terceira foi na edição 184 (mar/2014) um flip embicadíssimo sobre um corrimão voltando na rampa, por Daniel Loren.


                 


Era nesse contexto que queria abordar a capa nova (flip melon). Seria ela uma mistura entre a 1
ª e a 3ª? Lembro de ter pensado: "será que to viajando?". Pensei mais um pouco e encontrei outro elo de ligação. O flip melon foi clicado bem próximo daqui, a duas quadras da redação da revista (SP), na área de estacionamento de uma academia de ginástica (abaixo). 


Porém, entretanto, todavia... acabei não encontrando uma conexão muito grande e deixei de lado a idéia desse texto. Até esta manhã, quando por alguns motivos pessoais fui resgatar nossa edição 193 (jun/2015), que marcou as duas primeiras décadas da CemporcentoSKATE. Foi quando me deparei com o prolavra - coluna fixa da revista assinada por algum skatista profissional - da edição.

E era o próprio Klaus que assinava.

Tenho relativa boa memória sobre as coisas que são publicadas na revista, ao menos desde que entrei pra família em 2011. Mas eu não me recordava daquele prolavra. E pra minha surpresa, Klaus destacava no seu texto o quanto uma única manobra de skate conseguiu construir tanto de uma memória dele próprio. Na página ao lado, ilustrando a coluna, um flip melon to fakie no meio da rodovia (imagem destaque no topo), em foto de André Calvão.

No texto da coluna, o próprio Klaus fazia a ligação da manobra consigo próprio. Foi quando estalou em minha mente a conexão que faltava. Não hesitei. Corri pra minha cadeira e comecei a escrever esse texto que você está lendo. Obrigado Klaus!

 

Leia abaixo o texto do prolavra: 

 

Abaixo, assista a vídeo parte de Klaus Bohms no vídeo Estilo Brasileiro (2007), da CemporcentoSKATE, com a manobra da primeira capa dele na revista:
 



Abaixo, a segunda capa do Klaus na Cem:
 

 

Clique nas fotos para ampliá-las, abaixo:

 
 
Mais posts desse blogueiro
Mais posts

Para acessar com a sua conta do Facebook, é necessário que você esteja cadastrado no site.

Já sou Cadastrado! Cadastre-se

Para acessar com a sua conta do Twitter, é necessário que você esteja cadastrado no site.

Já sou Cadastrado! Cadastre-se