Fechar [X]

SKATESHOPS

Mid 90s  False

Por Douglas Prieto

Curtir

22/01/2019

Ainda que na essência seja um ponto comercial, uma skateshop é mais do que isso.

Skateshops so um local de convivência e aprendizado, onde se fala muito sobre o que realmente importa no skate. Ver o shape na parede, ao mesmo tempo que o skatista que o assina manobra numa tela, te faz entender como funciona a engrenagem. Te mostra o que usar e onde você pode chegar. É um lugar pra sonhar.

Poderia citar aqui diversas lojas Brasil afora que mantém a cultura viva. Mas, nominalmente, certeza que cometeria injustiças, afinal felizmente não conheço todas. Mas depois de um certo tempo, fica fácil perceber. A tal da coisa "skater owned and operated" (dono skatista / funcionários skatistas) é evidente quando você pisa numa delas.

Viaje pra qualquer lugar do mundo, tenha aquele momento "estranho no ninho", corra pra uma e já era: existe um sentimento de acolhimento nesse locais (ok, existem exceções. Não espere amor na Supreme). Se você é skatista, provavelmente fará amigos passando pela loja da cidade. Skateshops são, também, verdadeiras embaixadas do skate.

Aqui na CemporcentoSKATE durante algum tempo mantivemos uma seção fixa impressa, dedicada exclusivamente às skateshops. Hoje, uma lista com algumas das mais relevantes do país segue na revista. Vale reforçar que muitas lojas mantém times de skatistas, alguns tão importantes quanto das próprias marcas, fazem eventos, lançam vídeos. Gaste seu dinheiro numa delas e verá sua grana voltando pra cena, fortalecendo o movimento.

São notórias as dificuldades em empreender no Brasil. Impostos abusivos convivem, contraditoriamente, com serviços precários. Se o Brasil é complicado, o mercado do skate brasileiro é ainda mais. Onde a grande parte das famílias sofre pra manter as contas essenciais em dia, gastar com skate fica no fim do fim da lista. Nesse cenário, é inspirador ver algumas lojas de skate que superaram uma década de existência, da mesma forma que cada nova loja aberta é um sinal de coragem e fé em dias melhores.

É sabido que os tempos são outros: comércio online é cômodo, muitas vezes vantajoso, veio pra ficar. Mas atente-se ao fato de que muitas (todas?) lojas que mantém espaço físico também vendem pela internet. Nada substitui a presença física, mas você pode usufruir da comodidade ao mesmo tempo que colabora com a cena real. E, quando tiver um tempinho, faça a visita. Valorize e sinta-se valorizado. Procure as certas e ajude o skate. A skateshop é um dos pilares da nossa cultura

 
 
Mais posts desse blogueiro
Mais posts

Para acessar com a sua conta do Facebook, é necessário que você esteja cadastrado no site.

Já sou Cadastrado! Cadastre-se

Para acessar com a sua conta do Twitter, é necessário que você esteja cadastrado no site.

Já sou Cadastrado! Cadastre-se