Fechar [X]

Chuvas causam estragos e atrasa a reforma da pista de São Bernardo do Campo

Pista de skate de São Bernardo do Campo debaixo de muita lama e agua False

Por Marcos Hiroshi

Curtir

10/02/2009

As fortes chuvas que atingiram o municipio de São Bernardo do Campo nos últimos dias acarretaram num grande estrago no Parque de Esportes Radicais Città Di Marostica, onde se localiza a famosa pista de skate de São Bernardo do Campo.

Fechada desde do dia 2 de fevereiro para reformas estruturais (veja notícia), a pista tinha o prazo estipulado para reabertura em 30 a 40 dias úteis, porém, em virtude dos danos causados pela chuva, agora não tem previsão para a finalização das obras. 

“A chuva com certeza vai atrapalhar o andamento da reforma no parque. Se ela persistir, vai atrapalhar na limpeza que estamos realizando desde o sábado (dia 7) e, consequentemente, na reforma, até porque está chovendo quase todos os dias”, lamentou o coordenador de Ações para a Juventude, Daniel Cássio. Vale lembrar que em boa parte da obra será necessário o uso de cimento e terra, como no street park, principal pista do local, e dirt jump (obstáculos de bike em pista de terra), respectivamente.
A retomada das obras deve acontecer assim que o local passar por uma limpeza geral, algo que deve durar uma semana. “Estamos tomando as medidas cabíveis. No street park, a água trouxe muitos detritos e estragou o local. Vamos levar essa semana toda para limpá-lo. Todas as juntas de dilatação da pista também ficaram deterioradas. Isso leva tempo”, afirmou Daniel, que salientou: “Vamos limpar tudo para retomar a obra o quanto antes”.

Os estragos não param por aí. No setor administrativo do parque, a água alcançou 50 cm. Computadores, equipamentos de som e geladeira foram danificados, assim como as fiações elétrica e sistema de telefonia.

A situação mais grave ficou por conta da estrutura metálica que cobre parte da sala de administração superior e lanchonete, que se rompeu e desabou. O fechamento do parque para reforma acabou evitando uma tragédia, já que ali é um dos pontos com maior concentração de visitantes. “Ainda bem que fechamos o parque para as reformas. Se houvesse gente durante a chuva, poderia ter ocorrido alguma fatalidade”, declarou Daniel.

A administração do parque garantiu que será feito um laudo técnico para averiguar se há responsabilidade por parte das empresas que montaram os equipamentos do Parque de Esportes Radicais, ou se o motivo dos estragos foi o temporal que atingiu a cidade no fim de semana. Um levantamento de todo o prejuízo ainda está sendo realizado pela administração.

Aguardem maiores novidades sobre este caso aqui no portal.
 

Notícias relacionadas
Mais notícias

Para acessar com a sua conta do Facebook, é necessário que você esteja cadastrado no site.

Já sou Cadastrado! Cadastre-se

Para acessar com a sua conta do Twitter, é necessário que você esteja cadastrado no site.

Já sou Cadastrado! Cadastre-se