Fechar [X]

Chorão: 1970 - 2013

 False

Por CemporcentoSKATE

Curtir

06/03/2013

 

 

Certo dia, anos 80, o jovem Alexandre Magno Abrão tomou uma das primeiras e mais importantes decisões de sua vida: “Vou ser skatista”.

Sem muito apoio, seguiu em frente, passou roubada, correu campeonatos, foi vice-campeão paulista, conseguiu alguns apoios e viveu muito o cenário de skate no final dos anos 80. Praticava freestyle. Passou para a categoria profissional, participou de duas edições do campeonato brasileiro que rolava todos os anos, até 1987, em Guaratinguetá (SP), correu o histórico campeonato do Corinthians, entre outras aventuras que colocaram o skate definitivamente dentro de seu coração.

Passado um tempo, esse mesmo skatista montou uma banda chamada Charlie Brown Jr. Dali em diante, a trajetória é bem conhecida. Chorão poderia ter esquecido o skate ao se tornar um músico de sucesso, desses que não se “lembram” mais daquilo que faziam antes da carreira musical. Poderia dizer que o skate não o levou a lugar nenhum, causou decepções e o colocou em roubadas, e que só através da música foi reconhecido. Mas não. Chorão gosta de skate de verdade e é honesto com seu próprio passado, com as raízes de uma juventude de amizades e experiências inesquecíveis com o skate. Num dos principais momentos da história do Charlie Brown Jr., quando a banda foi eleita a revelação na premiação anual da MTV Brasil, em 1998, Chorão fez questão de soltar, já com o prêmio na mão, encarando um auditório lotado e em rede nacional: “Skate na veia dos irmãos!”...

Hoje ele é o skatista com maior exposição de mídia no Brasil e representa o ícone de estilo de vida do skate, esteja onde estiver e do jeito que for. Seja no palco de um show para 30 mil pessoas ou na areia da praia, na gravação de um especial para a MTV. Tatuou “Skate por toda vida” do lado externo do antebraço esquerdo. Sem comédia, sem marketing. Uma frase simples, que resume o porquê de Chorão ser hoje uma das grandes personalidades do skate brasileiro.

Publicada na edição #75 - junho de 2004

Veja a edição na íntegra e online, clique aqui.

 

 
Notícias relacionadas
Mais notícias

Para acessar com a sua conta do Facebook, é necessário que você esteja cadastrado no site.

Já sou Cadastrado! Cadastre-se

Para acessar com a sua conta do Twitter, é necessário que você esteja cadastrado no site.

Já sou Cadastrado! Cadastre-se